Brasil de Flato, o blog

segunda-feira, junho 18, 2007

Fatos sobre o heterodoxóide

> Leva calculadora pro supermercado porque tem dificuldade para fazer contas.
> Quando sobra dinheiro no final do mês, aplica em ações porque poupança é coisa de neoclássico.
> Se considera de esquerda porque heterodoxo e esquerdista significam a mesma coisa.> Gosta do Hitler porque ele fez políticas econômicas keynesianas.
> Acha que as experiências mais avançadas de esquerda no Brasil foram o Plano de Metas, o biênio 1979/80(início do segundo delfinato) e o Plano Cruzado. Getúlio Vargas, por sua vez, a única coisa boa que fezpro país foi criar o BNDE. Fora isso, foi um ortodoxo.
> Considera Celso Furtado um neoclássico-monetarista-ortodoxo-neoliberal porque ele falava em poupança e usou a Teoria Quantitativa da Moeda como referência para fazer o Plano Trienal. Economista de luta mesmo, só o Belluzzo, a Conceição e o Lessa (embora este último tenha se rendido ao neoliberalismo quando começou a defender o APL)
> Acha que o Plano Cruzado só não deu certo porque o Sarney adiou o descongelamento e o PT não fez coalização em defesa do plano junto com o PMDB.
> Acha que o Plano Collor só não deu certo porque o Saddam Hussein invadiu o Kuwait e disparou o preço do petróleo.
> Se considera muito erudito porque sabe que a pronúncia correta do economista polonês é Kalétsqui e não Kaléqui.
> Acha que os formuladores da Lei de Responsabilidade Fiscal são burros, não sabem nada de economia e não conhecem Keynes.
> Entende modelos simples que contém apenas letras latinas, mas considera que os modelos muito complexos, cheios de letras gregas e latinas, não representam direito a realidade, e que portanto, são inúteis.
> Divide o PSDB em duas alas: a de direita (do Mal), composta por Pedro Malan, Gustavo Franco e Edmar Bacha; e a de esquerda (do Bem), composta por Bresser Pereira, Nakano e Luís Carlos Mendonça de Barros.
> Na eleição pra presidente de 2006, pensou em votar no Garotinho por causa do Carlos Lessa. Com a desistência, pensou em ir de Serra. Com a escolha do PSDB pelo outro, acabou votando na Heloísa Helena, porcausa do Carlos Lessa. No segundo turno, votou no Lula por causa do Sicsu e da Conceição. Mas quase anulou porque os dois candidatos eram neoliberais.
> Achou desnecessário votar na eleição pra governador de SP, porque os 4 candidatos eram excelentes opções. Serra e Mercadente eram ex-docentes do principal centro de pensamento progressista do Brasil. Quércia era amigo dos fundadores do principal centro de pensamento progressista do Brasil. Plínio era pai de docente do principal centro de pensamento progressista do Brasil.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home